Manifestar interesse

Informação sobre o curso

  • Horas

    300

  • Condições de Inscrição

    • Adultos + 18 e até 65 Anos:
    • Ativos Empregados (Prioritariamente com habilitação inferior ao 9º Ano Escolaridade, mas qualquer habilitação);
    • Ativos Desempregados (desde que detentores de habilitações iguais ou superiores ao ensino secundário e á procura de novo emprego)

  • Objectivo Geral

    7582

  • Proceder à correção e fertilização do solo, conduzindo, operando, regulando e afinando máquinas e equipamentos agrícolas e alimentando-os com os produtos necessários, de acordo com o trabalho pretendido.
  • Efetuar a manutenção das máquinas de distribuição de corretivos e de fertilizantes orgânicos e minerais.
7605
  • Programar e organizar as técnicas e operações culturais da cultura de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão de bico, lentilha, soja, cizirão, tremoço), segundo os princípios da proteção integrada.
  • Orientar a execução das operações culturais da cultura de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão de bico, lentilha, soja, cizirão, tremoço), segundo os princípios da proteção integrada.
  • Preencher o caderno de campo.
    7606
    • Programar e organizar as técnicas e operações culturais da cultura de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão-de-bico, lentilha, cizirão e tremoço) em modo de produção integrado.
    • Orientar a execução das operações culturais da cultura de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão-de-bico, lentilha, cizirão e tremoço) em modo de produção integrado.
    • Aplicar as normas de qualidade, controlo e certificação dos produtos.
    • Preencher o caderno de campo.
    7607
    • Programar e organizar as técnicas e operações culturais das culturas de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão de bico, lentilha, soja, cizirão, tremoço) em modo de produção biológico.
    • Orientar a execução das operações culturais das culturas de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão de bico, lentilha, soja, cizirão, tremoço) em modo de produção biológico.
    • Aplicar as normas de qualidade, controlo e certificação dos produtos.
    7620

    Programar e organizar as técnicas e operações culturais da cultura de asteráceas (alface), segundo os princípios da proteção integrada.
    Orientar a execução das operações culturais da cultura de asteráceas (alface), segundo os princípios da proteção integrada.
    Preencher o caderno de campo.

    7621
    • Programar e organizar as técnicas e as operações culturais da cultura de asteráceas (alface), em modo de produção integrado.
    • Orientar a execução das operações culturais da cultura de asteráceas (alface), em modo de produção integrado.
    • Aplicar as normas de qualidade, controlo e certificação dos produtos.
    • Preencher o caderno de campo.
    7631
    • Programar e organizar as técnicas e as operações culturais da cultura de rosáceas (morango), em modo de produção integrado.
    • Orientar a execução das operações culturais da cultura de rosáceas (morango), em modo de produção integrado.
    • Aplicar as normas de qualidade, controlo e certificação dos produtos.
    • Preencher o caderno de campo.
    7632
    • Programar e organizar as técnicas e operações culturais da cultura de solanáceas (batata, beringela, pimento e tomate), segundo os princípios da proteção integrada.
    • Orientar a execução das operações culturais da cultura de solanáceas (batata, beringela, pimento e tomate), segundo os princípios da proteção integrada.
    • Preencher o caderno de campo.
    7633
    • Programar e organizar as técnicas e as operações culturais da cultura de solanáceas (batata, beringela, pimento e tomate), em modo de produção integrado.
    • Orientar a execução das operações culturais da cultura de solanáceas (batata, beringela, pimento e tomate), em modo de produção integrado.
    • Aplicar as normas de qualidade, controlo e certificação dos produtos.
    • Preencher o caderno de campo.
    7643
    • Programar e organizar as técnicas e operações culturais de pomóideas (macieiras e pereiras), segundo os princípios da proteção integrada.
    • Orientar a execução das operações culturais de pomóideas (macieiras e pereiras), segundo os princípios da proteção integrada.
    • Preencher o caderno de campo.

  • Objectivos Específicos

    7582

    • Condições de mobilização do solo para a distribuição de corretivos e de adubos
    • Máquinas de distribuição de estrume, de chorume, de calcário e de adubos
      • Tipos, constituição e funcionamento de materiais sólidos e líquidos
      • Doseadores de fertilizantes em sistemas de rega
      • Regulações/afinações
      • Reparação de pequenas avarias
      • Manutenção/conservação
    • Normas e técnicas de aplicação
      • Cálculo de adubações
      • Cálculo de débitos e ensaios
      • Técnicas de distribuição
    • Integração das correções com a mobilização do solo
    • Boas práticas de segurança e saúde no trabalho
    7605
    • Proteção integrada da cultura de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão-de-bico, lentilha, cizirão e tremoço)
      • Inimigos das culturas – pragas, doenças e infestantes
      • Estimativa de risco e nível económico de ataque (NEA)
      • Meios de luta utilizar – diretos e indiretos
      • Luta química - produtos fitofarmacêuticos (PF) permitidos em proteção integrada da cultura de leguminosas para grão
        • - Enquadramento legislativo
        • - Critérios adotados na seleção de PF
        • - Substâncias ativas e respetivos produtos comerciais permitidos
      • Auxiliares e efeitos secundários dos PF
        • - Grupos de artrópodes auxiliares mais importantes
        • - Efeitos secundários das substâncias ativas e dos respetivos PF
      • Guia de proteção integrada da cultura
      • Redução do rico no armazenamento e na aplicação de PF para o consumidor, para o ambiente, as espécies e os organismos não visados e o aplicador
      • Máquinas de aplicação de PF e equipamentos de proteção individual (EPI)
      • Inspeção e calibração das máquinas de aplicação
      • Operações de proteção da cultura – culturais e biológicas, biotécnicas e químicas
      • Caderno de campo
    • Colheita
      • Épocas de colheita, processos e equipamentos
      • Fatores determinantes da produtividade
      • Secagem
      • Normalização, acondicionamento e armazenamento
    7606
      • Importância económica
      • Produtores e consumidores
      • Organização comum dos mercados
      • Agroecossistema e biodiversidade associada
      • Traceabilidade
      • Controlo e certificação
      • Principais espécies e variedades - catálogo nacional de variedades, critérios de seleção
      • Exigências edafoclimáticas
    • Plano de exploração
      • Estratégia de produção – localização da cultura, objetivo, meios
    • Conservação do solo
      • Plano de conservação
      • Drenagem e erosão
      • Máquinas e operações de conservação, mobilização e preparação do solo
    • Sementeira
      • Época de sementeira, método e preparação das sementes
      • Densidade, compasso e profundidade de sementeira, rega de germinação
        • - Máquinas e operações de sementeira
    • Fertilização
      • Necessidades nutritivas
      • Características do solo, avaliação do estado de fertilidade e da atividade biológica
      • Análises de terra, de água, foliares, estrumes e outros corretivos orgânicos e de lamas de depuração
        • - Determinações analíticas obrigatórias e recomendadas
      • Fertilização das leguminosas para grão e métodos de aplicação
        • - Corretivos
        • - Nutrientes
      • Plano de fertilização
      • Máquinas e operações de colheita de amostras, cálculo de fertilização racional e aplicação de corretivos e nutrientes
    • Rega
      • Necessidades hídricas, disponibilidade, quantidade e qualidade da água
      • Técnicas de rega aplicáveis à cultura
      • Fertirrigação
      • Rega racional
      • Plano de rega
      • Máquinas e operações de instalação do sistema de rega
    • Proteção integrada da cultura de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão-de-bico, lentilha, cizirão e tremoço)
      • Inimigos da cultura de leguminosas para grão – pragas, doenças e infestantes
      • Estimativa de risco e níveis económicos de ataque (NEA)
      • Meios de luta a utilizar - diretos e indiretos
    • Luta química - produtos fitofarmacêuticos (PF) permitidos em proteção integrada de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão-de-bico, lentilha, cizirão e tremoço)
      • Enquadramento legislativo
      • Critérios adotados na seleção de PF
      • Substâncias ativas e respetivos produtos comerciais permitidos
        • - Auxiliares e efeitos secundários dos PF
      • Grupos de artrópodes auxiliares mais importantes de leguminosas para grão
      • Efeitos secundários das substâncias ativas e dos respetivos PF
        • - Guia de proteção integrada da cultura
        • - Redução do risco no armazenamento, manuseamento e na aplicação de PF para o consumidor, para o ambiente, as espécies e os organismos não visados e o aplicador
        • - Máquinas de aplicação de produtos fitofarmacêuticos e equipamento de proteção individual
        • - Inspeção e calibração de máquinas de aplicação
        • - Operações de proteção da cultura – culturais, biológicas, biotécnicas e químicas
    • Colheita armazenamento e conservação
      • Determinação da época e do momento da colheita
      • Colheita e controlo de qualidade – regulação das máquinas de colheita, controlo da taxa de humidade
      • Máquinas e operações de colheita, de armazenamento e de conservação
    • Controlo e certificação de produtos – normas e procedimentos
    • Caderno de campo
      • Acompanhamento das práticas culturais e registo no caderno de campo
      • Análise dos registos e tomada de decisão
    7607
      • Colheita de amostras – água, terra e plantas
      • Avaliação do estado de fertilidade do solo, atividade biológica e importância da matéria orgânica
      • Preparação e aplicação dos produtos necessários para a fertilização e correção do solo, autorizados e homologados para MPB
      • Utilização de produtos de compostagem
      • Cobertura do solo
      • Sideração e adubos verdes
      • Adubações de fundo e cobertura
      • Nitratos no solo e nos alimentos
    • Rega e fertirrigação
    • Proteção das culturas de leguminosas para grão
      • Principais pragas e doenças – ciclos, inimigos naturais, biologia, métodos de previsão, estratégias e meios de proteção
      • Fauna auxiliar – métodos de identificação, quantificação e preservação
      • Meios de controlo de pragas doenças, perturbações fisiológicas e de infestantes
      • Medidas culturais preventivas
      • Gestão das adventícias (infestantes)
      • Meios de luta permitidos – luta cultural, biológica, biotécnica e química
      • Produtos fitofarmacêuticos (PF) autorizados
      • Finalidade, eficácia e efeitos secundários dos PF
      • Cálculo de quantidades de PF e débitos
    • Amanhos culturais
    • Técnicas e operações de colheita
      • Determinação da época e do momento da colheita, de acordo com os fins a que se destina a produção
      • Procedimentos a observar na colheita
      • Medidas profiláticas na conservação, durante e após a colheita
      • Controlo de qualidade
    • Técnicas e operações de armazenamento e conservação, de acordo com o destino da produção
    • Compostagem dos resíduos da cultura
    • Controlo e certificação
      • Controlo do modo de produção biológico
      • Registos e documentos a manter pelos operadores
      • Certificação dos produtos
    • Comercialização dos produtos
      • Formas e condições de comercialização
      • Normas de comercialização
      • Canais de distribuição
    • Conversão para MPB
    • Operações com máquinas nas diferentes fases culturais
    • Programação, organização e orientação das operações e tarefas das diferentes fases culturais
    • Registos e consulta de informação
    • Boas práticas de segurança e saúde no trabalho
    7620
    • Asteráceas – alface
      • Importância económica e regiões de maior produção
      • Principais países produtores e consumidores
    • Ciclo vegetativo
    • Agroecossistema das Asteráceas
    • Características das culturas e variedades utilizadas
    • Exigências edafoclimáticas
    • Variedades de asteráceas
      • Características e ciclos
      • Critérios de escolha de variedades
      • Catálogo Nacional de Variedades
    • Instalação da cultura
      • Sistemas de cultivo – ar livre e sob abrigo, no solo e sem solo
      • Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
      • Épocas de sementeira
      • Escolha do local
      • Rotações, sucessões e afolhamentos
      • Instalação do sistema de forçagem e rega
      • Rega e drenagem
      • Preparação do solo
      • Fertilização
      • Sementeira/plantação/transplantação
      • Sistema de propagação
    • Condicionamento ambiental dos abrigos
    • Manutenção e condução da cultura
      • Fertilização
      • Rega e fertirrigação
      • Amanhos culturais
    • Proteção integrada da cultura da alface
    7621
    • Asteráceas (alface) em modo de produção integrado (MPI)
      • Importância económica
      • Produtores e consumidores
      • Organização comum dos mercados
      • Agroecossistema e biodiversidade associada
      • Traceabilidade
      • Controlo e certificação
      • Principais espécies e variedades - catálogo nacional de variedades, critérios de seleção
      • Exigências edafoclimáticas
    • Sistemas de cultivo
      • Ar livre e sob abrigo, no solo e sem solo
      • Substratos para o cultivo sem solo
    • Plano de exploração
      • Estratégia de produção – localização da cultura, objetivo, meios
    • Conservação do solo
      • Plano de conservação
      • Drenagem e erosão
      • Máquinas e operações de conservação, mobilização e preparação do solo
    • Sementeira/plantação
      • Época de sementeira/plantação, método e preparação das sementes
      • Densidade, compasso e profundidade de sementeira/plantação, rega de germinação
        • - Máquinas e operações de sementeira/plantação
    • Fertilização
      • Necessidades nutritivas
      • Características do solo, avaliação do estado de fertilidade e da atividade biológica
      • Análises de terra, de água, foliares, estrumes e outros corretivos orgânicos e de lamas de depuração
        • - Determinações analíticas obrigatórias e recomendadas
      • Fertilização de asteráceas e métodos de aplicação
        • - Corretivos
        • - Nutrientes
      • Plano de fertilização
      • Máquinas e operações de colheita de amostras, cálculo de fertilização racional e aplicação de corretivos e nutrientes
    • Rega
      • Necessidades hídricas, disponibilidade, quantidade e qualidade da água
      • Técnicas de rega aplicáveis à cultura
      • Fertirrigação
      • Rega racional
      • Plano de rega
      • Máquinas e operações de instalação do sistema de rega
    • Proteção integrada da cultura de asteráceas (alface)
      • Inimigos da cultura de asteráceas – pragas, doenças e infestantes
      • Estimativa de risco e níveis económicos de ataque (NEA)
      • Meios de luta a utilizar – diretos e indiretos
      • Luta química – produtos fitofarmacêuticos (PF) permitidos em proteção integrada de asteráceas
        • - Enquadramento legislativo
        • - Critérios adotados na seleção de PF
        • - Substâncias ativas e respetivos produtos comerciais permitidos
      • Auxiliares e efeitos secundários dos PF
        • - Grupos de artrópodes auxiliares mais importantes de asteráceas
        • - Efeitos secundários das substâncias ativas e dos respetivos PF
      • Guia de proteção integrada da cultura
      • Redução do risco no armazenamento, manuseamento e na aplicação de PF para o consumidor, para o ambiente, as espécies e os organismos não visados e o aplicador
      • Máquinas de aplicação de produtos fitofarmacêuticos e equipamento de proteção individual
      • Inspeção e calibração de máquinas de aplicação
      • Operações de proteção da cultura – culturais, biológicas, biotécnicas e químicas
    • Colheita armazenamento e conservação
      • Determinação da época e do momento da colheita
      • Colheita e controlo de qualidade – regulação das máquinas de colheita, controlo da taxa de humidade
      • Máquinas e operações de colheita, de armazenamento e de conservação
    • Controlo e certificação de produtos – normas e procedimentos
    • Caderno de campo
      • Acompanhamento das práticas culturais e registo no caderno de campo
      • Análise dos registos e tomada de decisão
    • Programação, organização e orientação das operações e tarefas nas diferentes fases culturais
    • Boas práticas de segurança e saúde no trabalho
    7631
    • Rosáceas (morango) em modo de produção integrado (MPI)
      • Importância económica
      • Produtores e consumidores
      • Organização comum dos mercados
      • Agroecossistema e biodiversidade associada
      • Traceabilidade
      • Controlo e certificação
      • Principais espécies e variedades - critérios de seleção
      • Exigências edafoclimáticas
    • Sistemas de cultivo
      • Ar livre e sob abrigo, no solo e sem solo
      • Substratos para o cultivo sem solo
    • Plano de exploração
      • Estratégia de produção – localização da cultura, objetivo, meios
    • Conservação do solo
      • Plano de conservação
      • Drenagem e erosão
      • Máquinas e operações de conservação, mobilização e preparação do solo
    • Sementeira e plantação
      • Época de sementeira, método e preparação das sementes
      • Preparação dos propágulos e plantação
      • Densidade, compasso e profundidade
        • - Máquinas e operações de sementeira e de plantação
    • Fertilização
      • Necessidades nutritivas
      • Características do solo, avaliação do estado de fertilidade e da atividade biológica
      • Análises de terra, de água, foliares, estrumes e outros corretivos orgânicos e de lamas de depuração.
        • - Determinações analíticas obrigatórias e recomendadas
      • Fertilização das rosáceas e métodos de aplicação
        • - Corretivos
        • - Nutrientes
      • Plano de fertilização
      • Máquinas e operações de colheita de amostras, cálculo de fertilização racional e aplicação de corretivos e nutrientes
    • Rega
      • Necessidades hídricas, disponibilidade quantidade e qualidade da água
      • Técnicas de rega aplicáveis à cultura
      • Fertirrigação
      • Rega racional
      • Plano de rega
      • Máquinas e operações de instalação do sistema de rega e de rega
    • Proteção integrada da cultura de rosáceas (morango)
      • Inimigos da cultura de rosáceas – pragas doenças e infestantes
      • Estimativa de risco e níveis económicos de ataque (NEA)
      • Meios de luta a utilizar - diretos e indiretos
      • Luta química - produtos fitofarmacêuticos (PF) permitidos em proteção integrada de rosáceas
        • - Enquadramento legislativo
        • - Critérios adotados na seleção de PF
        • - Substancias ativas e respetivos produtos comerciais permitidos
      • Auxiliares e efeitos secundários dos PF
        • - Grupos de artrópodes auxiliares mais importantes de Rosáceas
        • - Efeitos secundários das substancias ativas e dos respetivos PF
      • Guia de proteção integrada da cultura
      • Redução do risco no armazenamento, manuseamento e na aplicação de PF para o consumidor, para o ambiente, as espécies e os organismos não visados e o aplicador
      • Máquinas de aplicação de produtos fitofarmacêuticos e equipamento de proteção individual
      • Inspeção e calibração de máquinas de aplicação
      • Operações de proteção da cultura – culturais, biológicas, biotécnicas e químicas
    • Colheita armazenamento e conservação
      • Determinação da época e do momento da colheita
      • Colheita e controlo de qualidade – regulação das máquinas de colheita, controlo da taxa de humidade
      • Máquinas e operações de colheita, de armazenamento e de conservação
    • Controlo e certificação de produtos – normas e procedimentos
    • Caderno de campo
      • Acompanhamento das práticas culturais e registo no caderno de campo
      • Analise dos registos e tomada de decisão
    • Programação, organização e orientação das operações e tarefas nas diferentes fases culturais
    • Boas práticas de segurança e saúde no trabalho
    7632
    • Solanáceas – batata, beringela, pimento e tomate
      • Importância económica e regiões de maior produção
      • Principais países produtores e consumidores
    • Agroecossistema das solanáceas
    • Exigências edafoclimáticas
    • Variedades de Solanáceas
      • Características e ciclos
      • Critérios de escolha de variedades
      • Catálogo Nacional de Variedades
    • Instalação da cultura
      • Sistemas de cultivo – ar livre e sob abrigo, no solo e sem solo
      • Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
      • Épocas de sementeira
      • Escolha do local
      • Rotações, sucessões e afolhamentos
      • Instalação do sistema de forçagem e rega
      • Rega e drenagem
      • Preparação do solo
      • Fertilização
      • Sementeira/plantação/transplantação
      • Instalação do sistema de tutoragem
      • Sistema de propagação
    • Condicionamento ambiental dos abrigos
    • Manutenção e condução da cultura
      • Cuidados pós-plantação
      • Fertilização
      • Rega e fertirrigação
      • Amanhos culturais
    • Proteção integrada da cultura de solanáceas (batata, beringela, pimento e tomate)
      • Inimigos das cultura 7633
        • Solanáceas (batata, beringela, pimento e tomate) em modo de produção integrado (MPI)
          • Importância económica
          • Produtores e consumidores
          • Organização comum dos mercados
          • Agroecossistema e biodiversidade associada
          • Traceabilidade
          • Controlo e certificação
          • Principais espécies e variedades - catálogo nacional de variedades, critérios de seleção
          • Exigências edafoclimáticas
        • Sistemas de cultivo
          • Ar livre e sob abrigo, no solo e sem solo
          • Substratos para o cultivo sem solo
        • Plano de exploração
          • Estratégia de produção – localização da cultura, objetivo, meios
        • Conservação do solo
          • Plano de conservação
          • Drenagem e erosão
          • Máquinas e operações de conservação, mobilização e preparação do solo
        • Sementeira e plantação
          • Época de sementeira e de plantação, método e preparação das sementes e das plantas
          • Densidade, compasso e profundidade
            • - Máquinas e operações de sementeira e de plantação
        • Fertilização
          • Necessidades nutritivas
          • Características do solo, avaliação do estado de fertilidade e da atividade biológica
          • Análises de terra, de água, foliares, estrumes e outros corretivos orgânicos e de lamas de depuração.
            • - Determinações analíticas obrigatórias e recomendadas
          • Fertilização das Solanáceas e métodos de aplicação
            • - Corretivos
            • - Nutrientes
          • Plano de fertilização
          • Máquinas e operações de colheita de amostras, cálculo de fertilização racional e aplicação de corretivos e nutrientes
        • Rega
          • Necessidades hídricas, disponibilidade quantidade e qualidade da água
          • Técnicas de rega aplicáveis à cultura
          • Fertirrigação
          • Rega racional
          • Plano de rega
          • Máquinas e operações de instalação do sistema de rega e de rega
        • Proteção integrada da cultura de solanáceas (batata, beringela, pimento e tomate)
          • Inimigos da cultura de solanáceas – pragas doenças e infestantes
          • Estimativa de risco e níveis económicos de ataque (NEA)
          • Meios de luta a utilizar - diretos e indiretos
          • Luta química - produtos fitofarmacêuticos (PF) permitidos em proteção integrada de Solanáceas
            • - Enquadramento legislativo
            • - Critérios adotados na seleção de PF
            • - Substâncias ativas e respetivos produtos comerciais permitidos
          • Auxiliares e efeitos secundários dos PF
            • - Grupos de artrópodes auxiliares mais importantes de Solanáceas
            • - Efeitos secundários das substancias ativas e dos respetivos PF
          • Guia de proteção integrada das culturas
          • Redução do risco no armazenamento, manuseamento e na aplicação de PF para o consumidor, para o ambiente, as espécies e os organismos não visados e o aplicador
          • Máquinas de aplicação de produtos fitofarmacêuticos e equipamento de proteção individual
          • Inspeção e calibração de máquinas de aplicação
          • Operações de proteção das culturas – culturais, biológicas, biotécnicas e químicas
        • Colheita armazenamento e conservação
          • Determinação da época e do momento da colheita
          • Colheita e controlo de qualidade – regulação das máquinas de colheita, controlo da taxa de humidade
          • Máquinas e operações de colheita, de armazenamento e de conservação
        • Controlo e certificação de produtos – normas e procedimentos
        • Caderno de campo
          • Acompanhamento das práticas culturais e registo no caderno de campo
          • Analise dos registos e tomada de decisão
        7643
        • Instalação do pomar
          • Escolha do local
          • Preparação e armação do solo
          • Correção e fertilização
          • Marcação e piquetagem
          • Disponibilidade de água
          • Plantação – escolha, preparação das plantas e formas de plantação
          • Instalação do sistema de tutoragem
          • Propagação – tipos e métodos de propagação, colheita e conservação de material vegetativo
          • Rega e drenagem
          • Condução – formas e densidade, poda de formação, frutificação/renovação
        • Manutenção do pomar
          • Manutenção do solo
          • Rega e fertilização
          • Amanhos culturais
        • Proteção integrada da cultura de macieiras e pereiras
          • Inimigos das culturas – Pragas, doenças e infestantes
          • Estimativa de risco e nível económico de ataque (NEA)
          • Meios de luta a utilizar – diretos e indiretos
          • Luta química - produtos fitofarmacêuticos (PF) permitidos em proteção integrada de macieiras e pereiras
            • - Enquadramento legislativo
            • - Critérios adotados na seleção de PF
            • - Substâncias ativas e respetivos produtos comerciais permitidos
          • Auxiliares e efeitos secundários dos PF
            • - Grupos de artrópodes auxiliares mais importantes
            • - Efeitos secundários das substancias ativas e dos respetivos PF
          • Guia de proteção integrada das culturas
          • Redução do rico no armazenamento e na aplicação de PF para o consumidor, para o ambiente, as espécies e os organismos não visados e o aplicador
          • Máquinas de aplicação de PF e equipamentos de proteção individual (EPI)
          • Inspeção e calibração das máquinas de aplicação
          • Operações de proteção das culturas – culturais, biológicas, biotécnicas e químicas
          • Caderno de campo
        • Colheita, normalização, embalagem e conservação
        • Programação, organização e orientação das operações e tarefas nas diferentes fases culturais
        • Boas práticas de segurança e saúde no trabalho

  • Metodologia

    Organização de sessões teórico-práticas de acordo com metodologias expositivas, através da apresentação dos conteúdos e temáticas.
    Nas diversas sessões a metodologia activa será desenvolvida através da aplicação de propostas de trabalho que permitam a análise e reflexão de estudos de casos, Brainstorming’s e Role Play’s de forma a potenciar a aprendizagem pela utilização prática da linguagem.

  • Conteúdos Programáticos

    7582

    • Condições de mobilização do solo para a distribuição de corretivos e de adubos
    • Máquinas de distribuição de estrume, de chorume, de calcário e de adubos
    • Normas e técnicas de aplicação
    • Integração das correções com a mobilização do solo
    • Boas práticas de segurança e saúde no trabalho
    7605

    Leguminosa para grão (ervilha, fava, feijão, grão-de-bico, lentilha, cizirão e tremoço)

    • Agroecossistema
    • Exigências edafoclimáticas
    • Plantas leguminosas
    • Instalação da cultura
    • Manutenção e condução da cultura
    • Proteção integrada da cultura de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão-de-bico, lentilha, cizirão e tremoço)
    • Auxiliares e efeitos secundários dos PF
    • Colheita
    • Colheita
    7606
    • Leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão-de-bico, lentilha, cizirão e tremoço) em modo de produção integrado (MPI)
    • Plano de exploração
    • Conservação do solo
    • Sementeira
    • Fertilização
    • Rega
    7607
    • Modo de produção biológico (MPB) de leguminosas para grão (ervilha, fava, feijão, grão de bico, lentilha, soja, cizirão, tremoço)
    • Exigências edafoclimáticas
    • Plantas leguminosas para grão – características e ciclos, seleção de variedades
    • Rotações, sucessões e afolhamentos
    • Técnicas de preparação do solo aplicando os princípios do modo de produção biológico
    • Formas e métodos de drenagem e conservação do solo
    • Disponibilidade, quantidade e qualidade da água
    • Instalação do sistema de rega
    • Sementeira
    • Fertilidade e fertilização do solo
    4620
    • Asteráceas – alface
      • Importância económica e regiões de maior produção
      • Principais países produtores e consumidores
    7621
    • Asteráceas (alface) em modo de produção integrado (MPI)
    • Sistemas de cultivo
    • Plano de exploração
    • Conservação do solo
    • Fertilização
    • Rega
    7631
    • Rosáceas (morango) em modo de produção integrado (MPI)
    7632
    • Solanáceas – batata, beringela, pimento e tomate
    • Agroecossistema das solanáceas
    • Exigências edafoclimáticas
    • Variedades de Solanáceas
    7633
    • Solanáceas (batata, beringela, pimento e tomate) em modo de produção integrado (MPI)
    • Sistemas de cultivo
    • Sistemas de cultivo
    • Sistemas de cultivo
    • Sementeira e plantação
    7643
    • Pomóideas – macieiras e pereiras
    • Organização comum de mercado
    • Agroecossistema das pomóideas
    • Condicionalismos edafoclimáticos
    • Condicionalismos edafoclimáticos