Manifestar interesse

Informação sobre o curso

  • Duração300.0 horas
  • Condições de Inscrição


    Adultos + 18 e até 65 anos.
    Desempregados inscritos há +12 meses no Centro de Emprego.
    Desempregados há menos de 12 meses , desde que detentores de habilitações inferiores ao ensino secundário.

  • Objectivo Geral

    No final do curso os formandos deverão ter conhecimentos da gestão da empresa agrícola, das operações culturais das culturas arvenses, sobre a proteção ambiental, tratamento e eliminação de efluentes e resíduos da exploração, saber da Cultura de hortícolas comestíveis, e sobre a segurança e saúde no trabalho agrícola.

  • Objectivos Específicos

    UFCD 2889 - Gestão da empresa agrícola

    • Distinguir as diferentes fases do ciclo de gestão.
    • Caracterizar a empresa agrícola, os fatores de produção e os sistemas de custos a utilizar na gestão.
    • Aplicar técnicas simplificadas de cálculo e orçamentação, como instrumentos de planeamento e controlo de gestão simplificados.

    UFCD 3019 - Operações culturais das culturas arvenses

    • Identificar as operações culturais de culturas arvenses.
    • Executar as operações culturais inerentes à instalação, condução, manutenção e colheita de culturas arvenses.
    • Operar com as máquinas específicas nas operações culturais a realizar.

    UFCD 6279 - Proteção ambiental, tratamento e eliminação de efluentes e resíduos da exploração

    • Identificar os princípios gerais de proteção e melhoria do ambiente.
    • Identificar os principais agentes de poluição criada pelas explorações agrícolas.
    • Reconhecer a legislação relativa à proteção do ambiente e à produção e tratamento dos efluentes e resíduos nas explorações agrícolas.
    • Aplicar as técnicas de tratamento e eliminação dos efluentes e resíduos de uma exploração agrícola.
    • Identificar os principais riscos e as normas de segurança, higiene e saúde no trabalho, no tratamento e eliminação de efluentes e resíduos da exploração.

    UFCD 6301 - Cultura de hortícolas comestíveis - Família das Fabáceas (ervilha, fava, feijão verde)

    • Efectuar as operações inerentes à instalação, manutenção, condução e colheita de culturas hortícolas da família das Fabáceas, segundo os princípios de Proteção Integrada.

    UFCD6302 - Cultura de hortícolas comestíveis - Família das Asteráceas (alface)

    • Efectuar as operações inerentes à instalação, manutenção, condução e colheita de culturas hortícolas da família das Asteráceas, segundo os princípios de Proteção Integrada.

    UFCD 6306 - Cultura de hortícolas comestíveis - Família das Rosáceas (morango)

    • Efectuar as operações inerentes à instalação, manutenção, condução e colheita de culturas hortícolas da família das Rosáceas, segundo os princípios de Proteção Integrada.

    UFCD 6366 - Segurança e saúde no trabalho agrícola

    • Identificar os principais riscos no trabalho agrícola.
    • Reconhecer a legislação relativa à segurança, higiene e saúde no trabalho agrícola.
    • Utilizar os equipamentos de proteção individual nas diferentes operações e atividades agrícolas.
    • Aplicar as normas de segurança, higiene e saúde na execução dos trabalhos agrícolas.

    UFCD 10746 - Segurança e Saúde no Trabalho – situações epidémicas/pandémicas

    • Identificar o papel e funções do responsável na empresa/organização pelo apoio aos Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho na gestão de riscos profissionais em situações de epidemias/pandemias no local de trabalho.
    • Reconhecer a importância das diretrizes internacionais, nacionais e regionais no quadro da prevenção e mitigação de epidemias/pandemias no local de trabalho e a necessidade do seu cumprimento legal.
    • Apoiar os Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho na implementação do Plano de Contingência da organização/empresa, em articulação com as entidades e estruturas envolvidas e de acordo com o respetivo protocolo interno, assegurando a sua atualização e implementação.
    • Apoiar na gestão das medidas de prevenção e proteção dos trabalhadores, clientes e/ou fornecedores, garantindo o seu cumprimento em todas as fases de implementação do Plano de Contingência, designadamente na reabertura das atividades económicas.

  • Conteúdos Programáticos

    UFCD 2889 - Gestão da empresa agrícola

    • Gestão Agrícola
      • Objectivos como ferramenta de gestão/ciclo de gestão
      • Empresa agrícola
      • Centro de análise ou responsabilidade
      • Estratégias empresariais
      • Estratégias de negócio
    • Fatores de produção
      • Identificação dos fatores de produção de uma empresa agrícola
      • Custo anual - capital fixo inanimado e benfeitorias
    • Classificação de custos e proveitos
      • Proveito
      • Custo
      • Custo total e custo unitário
      • Custo afundado
    • Ciclos económicos, financeiros e de tesouraria
      • Realidade económica, financeira e de tesouraria
      • Utilidade
    • Métodos e técnicas de custeio
      • Sistema de custeio
      • Métodos contabilísticos
    • Indicadores de rendimentos e limiares
      • Resultados económicos da actividade
      • Margem total e unitária
      • Limiares de rendibilidade e de encerramento
      • Orçamento de substituição
      • Fatores críticos
    • Ferramentas de controlo
      • Plano ou orçamento de tesouraria
      • Serviço de dívida a curto prazo
      • Gestão do risco
      • Gestão por comparação

    UFCD 3019 - Operações culturais das culturas arvenses

    • Exigências ecológicas das culturas e fatores edafoclimáticos, favoráveis ao seu desenvolvimento
    • Técnicas e operações de preparação do solo
      • Processos de mobilização do solo e máquinas utilizadas, de acordo com as necessidades de mobilização – lavouras, gradagens, escarificações, fresagens, etc.
      • Incorporação de matéria orgânica
      • Fertilização de fundo/aplicação de correctivos
      • Disponibilidade e qualidade da água e instalação de sistemas de rega
      • Operação, regulação/afinação e manutenção das máquinas de mobilização do solo
      • Procedimentos operativos e técnicas de aplicação
      • Preparação do terreno em Modo de Produção Biológico
    • Técnicas e operações de fertilização
      • Tipos de fertilização
      • Exigências edafoclimáticas e necessidades em nutrientes
      • Desequilíbrios nutricionais
      • Principais carências
      • Cálculo da adubação em conformidade com a análise da terra
      • Formas de aplicação do adubo (fertirrigação)
      • Distribuidores de adubos – tipos, constituição e funcionamento
      • Operação, regulação/afinação e manutenção das máquinas/alfaias
      • Cálculo de fertilizantes e débitos
      • Cálculo de correctivos
      • Procedimentos operativos e técnicas de aplicação
      • Fertilização em Modo de Produção Biológico (compostagem)
    • Técnicas e operações de sementeira
      • Formas de propagação das plantas
      • Escolha do local do viveiro
      • Épocas de sementeira em concordância com o ciclo das plantas
      • Tipos de sementeira – a lanço e em linhas
      • Densidades de sementeira
      • Inoculação das sementes
      • Máquinas utilizadas – semeadores/distribuidores, plantadores e rolos
      • Operação, regulação/afinação e manutenção das máquinas/alfaias
      • Cálculo de débitos
      • Procedimentos operativos e técnicas de aplicação
      • Sementeira em Produção Integrada
      • Sementeira em Modo de Produção Biológico
    • Técnicas e operações de rega e drenagem
      • Necessidades hídricas das culturas
      • Tipos e sistemas de rega – vantagens e inconvenientes
      • Formas e métodos de drenagem e proteção do solo
      • Procedimentos operativos e técnicas de aplicação
      • Rega em modo de produção biológico
    • Técnicas e operações de proteção das culturas arvenses
      • Acidentes fisiológicos e meteorológicos
      • Doenças, pragas e infestantes mais importantes nas diferentes espécies e variedades
      • Luta química – estratégias e meios de prevenção e defesa
      • Classificação dos fitofármacos - herbicidas, inseticidas, fungicidas e acaricídas e outros
      • Proteção das culturas em Proteção Integrada e em Produção Integrada
      • Proteção das culturas em Modo de Produção Biológico
      • Máquinas utilizadas – pulverizadores e atomizadores
      • Operação, regulação/afiação e manutenção das máquinas/alfaias
      • Procedimentos operativos e técnicas de operação
    • Técnicas e operações de colheita
      • Indicadores e métodos que permitam determinar o momento da colheita, de acordo com o destino da cultura (grão, consumo em verde, ensilar e fenar)
      • Medidas profiláticas de conservação, antes, durante e após a colheita
      • Máquinas utilizadas – gadanheira, ceifeira, corta forragem, ceifeira debulhadora e outras máquinas específicas
      • Operação, regulação/afinação e manutenção das máquinas/alfaias
      • Procedimentos operativos e técnicas de aplicação
    • Técnicas e operações de armazenamento e conservação, de acordo com o destino da produção
      • Produção para grão – cuidados a ter no armazenamento do grão e aplicação de produtos para a sua conservação
      • Produção para ensilar - cuidados a ter no processo de ensilagem
      • Tipos de silos – vantagens e inconvenientes
      • Máquinas utilizadas
      • Operação, regulação/afinação e manutenção das máquinas/alfaias
      • Procedimentos operativos e técnicas de aplicação
    • Boas práticas de segurança, higiene e saúde no trabalho

    UFCD 6279 - Proteção ambiental, tratamento e eliminação de efluentes e resíduos da exploração

    • Proteção e melhoria do ambiente
      • Conceito de ecologia
      • Conceito de população, habitat, comunidade biótica e ecossistema
      • Composição e funcionamento de ecossistemas
      • O Homem como agente modificador do sistema
      • Código de Boas Práticas Agrícolas
      • Conservação da natureza e gestão de recursos
      • Noção de ambiente
      • Poluição e saúde ambiental
      • Enquadramento legal
      • Medidas de proteção da água e do solo
    • Efluentese resíduos produzidos pelas explorações
      • Tipo de efluentes
      • Tipo de resíduos
      • Poluição provocada pelas explorações agrícolas
      • Poluição provocada pelas explorações pecuárias
      • Poluição provocada pelas explorações florestais
      • Legislação aplicável
    • Tratamento e eliminação de efluentes e de resíduos
      • Diferentes efluentes da exploração
      • Quantidade, composição química e impacto dos efluentes no ambiente
      • Armazenamento dos efluentes
      • Valor fertilizante dos efluentes
      • Valor económico dos efluentes e sua aplicação
      • Técnicas de tratamento dos resíduos e dos efluentes
      • Técnicas de eliminação dos resíduos e dos efluentes
      • Compostagem
      • Impacto ambiental
      • Enquadramento legal e código de boas práticas
      • Licenciamento e plano de gestão de efluentes
    • Boas práticas de higiene e segurança no trabalho agrícola

    UFCD 6301 - Cultura de hortícolas comestíveis - Família das Fabáceas (ervilha, fava, feijão verde)

    • Fabáceas
      • Importância económica e regiões de maior produção
      • Principais países produtores e consumidores
    • Botânica e fisiologia das plantas
    • Agroecossistema das Fabáceas
    • Características das culturas e variedades utilizadas
    • Exigências edafoclimáticas
      • Solo - textura/estrutura, drenagem, pH, salinidade
      • Clima - temperaturas, humidade relativa, luminosidade, dióxido de carbono
      • Água - água para rega, conservação da água, zonas sensíveis e vulneráveis
    • Instalação da cultura
      • Sistemas de cultivo – ar livre e sob-abrigo, no solo e sem solo
      • Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
      • Épocas de sementeira
      • Escolha do local
      • Rotações, sucessões e afolhamentos
      • Instalação do sistema de forçagem e rega
      • Rega e drenagem
      • Preparação do solo
      • Fertilização
      • Sementeira/plantação/transplantação
      • Instalação do sistema de tutoragem
      • Sistema de propagação
    • Condicionamento ambiental dos abrigos
    • Manutenção e condução da cultura
      • Cuidados pós-plantação
      • Rega e fertirrigação
      • Técnicas culturais
    • Pragas das Fabáceas (ácaros, afídeos, alfinetes, carneiros, cucurlionídeos, lagarta da folha, larvas mineiras, lepidópetos, mosca branca, mosca, nemátodos, nóctuas, ratos e tripes)
      • Sistemática e morfologia
      • Bioecologia
      • Estragos e prejuízos
      • Estratégia de proteção – monitorização
        • - Estimativa do risco e nível económico de ataque (NEA)
        • - Meios de luta - luta cultural (rotações e outras práticas culturais); luta biológica (inimigos naturais); luta química (considerações em relação às precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais); outros meios de luta
    • Fauna Auxiliar
      • Características identificativas dos grupos mais importantes, métodos de quantificação e utilização de auxiliares
      • Selecção dos produtos fitofarmacêuticos (eficácia e características toxicológicas) e efeitos secundários (resistência, toxicidade para: Homem, auxiliares e outros organismos, nomeadamente abelhas, aves, fauna selvagem e organismos aquáticos)
      • Preservação e incremento da fauna auxiliar e medidas que fomentem a biodiversidade
      • Condições favoráveis à criação de auxiliares
    • Doenças (sintomatologia; biologia e epidemiologia; breves noções sobre métodos de detecção; importância dos estragos e prejuízos) – micoses, bacterioses, viroses
      • Estratégia de proteção – condições favoráveis à doença e meios de luta
      • Doenças não parasitárias – acidentes fisiológicos e carências
    • Infestantes
      • Principais infestantes das Fabáceas
      • Aspectos da biologia e propagação
      • Sistemas de manutenção do solo e seu reflexo no controlo de infestantes
      • Estratégias no combate aos infestantes – luta química e outros
    • Aplicação de produtos fitofarmacêuticos
      • Selecção de equipamento e de EPI
      • Boa Prática Agrícola na aplicação de produtos fitofarmacêuticos
    • Colheita, normalização, embalagem e conservação
    • Caderno de campo da cultura e acompanhamento de pragas, fauna auxiliar, doenças e infestantes a nível da parcela
    • Boas práticas de higiene e segurança no trabalho agrícola

    UFCD6302 - Cultura de hortícolas comestíveis - Família das Asteráceas (alface)

    • Asteráceas
      • Importância económica e regiões de maior produção
      • Principais países produtores e consumidores
    • Botânica e fisiologia das plantas
    • Agro-ecossistema das Asteráceas
    • Características das culturas e variedades utilizadas
    • Exigências edafoclimáticas
      • Solo - textura/estrutura, drenagem, pH, salinidade
      • Clima - temperaturas, humidade relativa, luminosidade, dióxido de carbono
      • Água - água para rega, conservação da água, zonas sensíveis e vulneráveis
    • Instalação da cultura
      • Sistemas de cultivo – ar livre e sob-abrigo, no solo e sem solo
      • Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
      • Épocas de sementeira
      • Escolha do local
      • Rotações, sucessões e afolhamentos
      • Instalação do sistema de forçagem e rega
      • Rega e drenagem
      • Preparação do solo
      • Fertilização
      • Sementeira/plantação/transplantação
      • Instalação do sistema de tutoragem
      • Sistema de propagação
    • Condicionamento ambiental dos abrigos
    • Manutenção e condução da cultura
      • Cuidados pós-plantação
      • Rega e fertirrigação
      • Técnicas culturais
    • Pragas das Asteráceas (afídeos, larvas mineiras, lesmas e caracóis, nemátodos, nóctuas, ratos e tripes)
      • Sistemática e morfologia
      • Bioecologia
      • Estragos e prejuízos
      • Estratégia de proteção – Monitorização
        • - Estimativa do risco e nível económico de ataque (NEA)
        • - Meios de luta - luta cultural (rotações e outras práticas culturais); luta biológica (inimigos naturais); luta química (considerações em relação às precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais); outros meios de luta
    • Fauna Auxiliar
      • Características identificativas dos grupos mais importantes, métodos de quantificação e utilização de auxiliares
      • Selecção dos produtos fitofarmacêuticos (eficácia e características toxicológicas) e efeitos secundários (resistência, toxicidade para: Homem, auxiliares e outros organismos, nomeadamente abelhas, aves, fauna selvagem e organismos aquáticos)
      • Preservação e incremento da fauna auxiliar e medidas que fomentem a biodiversidade
      • Condições favoráveis à criação de auxiliares
    • Doenças (sintomatologia; biologia e epidemiologia; breves noções sobre métodos de detecção; importância dos estragos e prejuízos) – Micoses, bacterioses, viroses
      • Estratégia de proteção – condições favoráveis à doença e meios de luta
      • Doenças não parasitárias – acidentes fisiológicos e carências
    • Infestantes
      • Principais infestantes das Asteráceas
      • Aspectos da biologia e propagação
      • Sistemas de manutenção do solo e seu reflexo no controlo de infestantes
      • Estratégias no combate às infestantes – luta química e outros
    • Aplicação de produtos fitofarmacêuticos
      • Selecção de equipamento e de EPI
      • Boa Prática Agrícola na aplicação de produtos fitofarmacêuticos
    • Colheita, normalização, embalagem e conservação
    • Caderno de campo da cultura e acompanhamento de pragas, fauna auxiliar, doenças e infestantes a nível da parcela
    • Boas práticas de higiene e segurança no trabalho agrícola

    UFCD 6306 - Cultura de hortícolas comestíveis - Família das Rosáceas (morango)

    • Rosáceas
      • Importância económica e regiões de maior produção
      • Principais países produtores e consumidores
    • Botânica e fisiologia das plantas
    • Agro-ecossistema das Rosáceas
    • Características das culturas e variedades utilizadas
    • Exigências edafoclimáticas
      • Solo - textura/estrutura, drenagem, pH, salinidade
      • Clima - temperaturas, humidade relativa, luminosidade, dióxido de carbono
      • Água - água para rega, conservação da água, zonas sensíveis e vulneráveis
    • Instalação da cultura
      • Sistemas de cultivo – ar livre e sob-abrigo, no solo e sem solo
      • Abrigos materiais, coberturas, dimensões e instalação
      • Épocas de sementeira
      • Escolha do local
      • Rotações, sucessões e afolhamentos
      • Instalação do sistema de forçagem e rega
      • Rega e drenagem
      • Preparação do solo
      • Fertilização
    • Instalação da cultura
      • Sementeira/plantação/transplantação
      • Instalação do sistema de tutoragem
      • Sistema de propagação
    • Condicionamento ambiental dos abrigos
    • Manutenção e condução da cultura
      • Cuidados pós-plantação
      • Rega e fertirrigação
      • Técnicas culturais
    • Pragas das Rosáceas (ácaros, afídeos, alfinetes, cucurlionídeos, lagartas, lepidópteros, nitidulídeos, nemátodos, scutigerela e tripés)
      • Sistemática e morfologia
      • Bioecologia
      • Estragos e prejuízos
      • Estratégia de proteção – monitorização
        • - Estimativa do risco e nível económico de ataque (NEA)
        • - Meios de luta - luta cultural (rotações e outras práticas culturais); luta biológica (inimigos naturais); luta química (considerações em relação às precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais); outros meios de luta
    • Fauna Auxiliar
      • Características identificativas dos grupos mais importantes
      • Métodos de quantificação
      • Utilização de auxiliares
      • Selecção dos produtos fitofarmacêuticos (eficácia e características toxicológicas) e efeitos secundários (resistência, toxicidade para: Homem, auxiliares e outros organismos, nomeadamente abelhas, aves, fauna selvagem e organismos aquáticos)
      • Preservação e incremento da fauna auxiliar e medidas que fomentem a biodiversidade
      • Condições favoráveis à criação de auxiliares
    • Doenças (sintomatologia; biologia e epidemiologia; breves noções sobre métodos de detecção; importância dos estragos e prejuízos) – micoses, bacterioses, viroses
      • Estratégia de proteção – condições favoráveis à doença e meios de luta
      • Doenças não parasitárias – acidentes fisiológicos e carências
    • Infestantes
      • Principais infestantes das Rosáceas
      • Aspectos da biologia e propagação
      • Sistemas de manutenção do solo e seu reflexo no controlo de infestantes
      • Estratégias no combate às infestantes – luta química e outros
    • Aplicação de produtos fitofarmacêuticos
      • Selecção de equipamento e de EPI
      • Boa Prática Agrícola na aplicação de produtos fitofarmacêuticos
    • Colheita, normalizaçã

Manifestar interesse