Informação sobre o curso

Manifestar interesse Pedir contacto
  • Duração150.0 horas
  • Condições de Inscrição


    Adultos + 18 e até 65 anos.
    Desempregados inscritos há +12 meses no Centro de Emprego.
    Desempregados há menos de 12 meses , desde que detentores de habilitações inferiores ao ensino secundário.

  • Objectivo Geral

    • Saber os métodos de propagação de plantas;
    • Diferenciar rega e drenagem ;
    • Desenvolver competências empreendedoras;
    • Conhecer as diretrizes da segurança e saúde no trabalho;

  • Objectivos Específicos

    UFCD4157 - Rega e drenagem

    • Selecionar o sistema de rega, o débito e os intervalos de rega adequados às características da cultura, do terreno e da água a utilizar.
    • Reconhecer a necessidade da drenagem e selecionar o sistema adequado à cultura e às características do terreno.

    UFCD 4387 - Métodos de propagação de plantas

    • Identificar as técnicas de propagação de plantas.
    • Seleccionar a técnica de propagação mais adequada a uma determina espécie de planta com interesse ornamental.
    • Realizar a propagação de diferentes espécies com interesse ornamental, recorrendo aos métodos e técnicas de propagação mais adequados.

    UFCD 4437 - Clima - fatores e caracterização

    • Reconhecer a importância do clima como fator natural de produção.
    • Identificar as condições climáticas mais adequadas a cada espécie vegetal.

    UFCD 8600 - Competências empreendedoras e técnicas de procura de emprego

    • Definir o conceito de empreendedorismo.
    • Identificar as vantagens e os riscos de ser empreendedor.
    • Identificar o perfil do empreendedor.
    • Reconhecer a ideia de negócio.
    • Definir as fases de um projeto.
    • Identificar e descrever as diversas oportunidades de inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as Medidas Ativas de Emprego.
    • Aplicar as principais estratégias de procura de emprego.
    • Aplicar as regras de elaboração de um curriculum vitae.
    • Identificar e selecionar anúncios de emprego.
    • Reconhecer a importância das candidaturas espontâneas.
    • Identificar e adequar os comportamentos e atitudes numa entrevista de emprego.

    UFCD 10746 - Segurança e Saúde no Trabalho – situações epidémicas/pandémicas

    • Identificar o papel e funções do responsável na empresa/organização pelo apoio aos Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho na gestão de riscos profissionais em situações de epidemias/pandemias no local de trabalho.
    • Reconhecer a importância das diretrizes internacionais, nacionais e regionais no quadro da prevenção e mitigação de epidemias/pandemias no local de trabalho e a necessidade do seu cumprimento legal.
    • Apoiar os Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho na implementação do Plano de Contingência da organização/empresa, em articulação com as entidades e estruturas envolvidas e de acordo com o respetivo protocolo interno, assegurando a sua atualização e implementação.
    • Apoiar na gestão das medidas de prevenção e proteção dos trabalhadores, clientes e/ou fornecedores, garantindo o seu cumprimento em todas as fases de implementação do Plano de Contingência, designadamente na reabertura das atividades económicas.

    UFCD 10759 - Teletrabalho

    • Reconhecer o enquadramento legal, as modalidades de teletrabalho e o seu impacto para a organização e trabalhadores/as.
    • Identificar o perfil e papel do/a teletrabalhador/a no contexto dos novos desafios laborais e ocupacionais e das políticas organizacionais.
    • Identificar e selecionar ferramentas e plataformas tecnológicas de apoio ao trabalho remoto.
    • Adaptar o ambiente de trabalho remoto ao regime de trabalho à distância e implementar estratégias de comunicação, produtividade, motivação e de confiança em ambiente colaborativo.
    • Aplicar as normas de segurança, confidencialidade e proteção de dados organizacionais nos processos de comunicação e informação em regime de teletrabalho.
    • Planear e organizar o dia de trabalho em regime de teletrabalho, assegurando a conciliação da vida profissional com a vida pessoal e familiar.

  • Metodologia

    Organização de sessões teórico-práticas de acordo com metodologias expositivas, através da apresentação dos conteúdos e temáticas.
    Nas diversas sessões a metodologia activa será desenvolvida através da aplicação de propostas de trabalho que permitam a análise e reflexão de estudos de casos, Brainstorming’s e Role Play’s de forma a potenciar a aprendizagem pela utilização prática da linguagem.

  • Conteúdos Programáticos

    UFCD 4157 - Rega e drenagem

    • Rega
      • Finalidades da rega
      • Sistemas de rega
        • Rega por gravidade: canteiros, sulcos, escorrimento superficial e caldeiras
        • Rega mecânica
        • Rega por aspersão: gota a gota e fertirrigação
        • Origem e qualidade da água
        • Unidades hidráulicas
        • Dotações de rega e sua distribuição
    • Drenagem
      • Finalidade da drenagem
      • Sistemas e técnicas de drenagem
      • Manutenção dos sistemas de rega e drenagem

    UFCD 4387 - Métodos de propagação de plantas

    • Reprodução sexuada
      • Definição e principais características
      • Semente
      • Sementeira (condições de êxito e principais técnicas utilizadas)
    • Multiplicação vegetativa
      • Estacaria
      • Enxertia
      • Mergulhia
      • Alporquia
      • Multiplicação de bolbosas
      • Divisão de tufos
      • Multiplicação de estolhos
      • Cultura e multiplicação in vitro
    • Meios auxiliares de propagação
      • Reguladores de crescimento
      • Hormonas de enraizamento
      • Bancadas de enraizamento

    UFCD 4437 - Clima - fatores e caracterização

    • Atmosfera
      • Composição
      • Constituintes
    • Elementos do clima
      • Temperatura do ar
        • Aquecimento e arrefecimento da atmosfera
        • Medições e determinações mais frequentes
        • Variações da temperatura
      • Humidade
        • Ciclo da água
        • Humidade do ar
        • Nuvens e nevoeiro
          • Formação
          • Nebulosidade e insolação
          • Tipos de nuvens
        • Precipitação
          • Tipos de precipitação
          • Formas de precipitação
      • Pressão atmosférica
        • Noção
        • Variação
        • Circulação geral da atmosfera
          • Vento
          • Movimento do ar nas superfícies frontais
    • Caracterização climática regional e nacional
      • Microclima
        • Significado
        • Importância
      • Caracterização do clima da região
      • Clima de Portugal Continental

    UFCD 8600 - Competências empreendedoras e técnicas de procura de emprego

    • Conceito de empreendedorismo – múltiplos contextos e perfis de intervenção
    • Perfil do empreendedor
    • Fatores que inibem o empreendorismo
    • Ideia de negócio e projet
    • Coerência do projeto pessoal / projeto empresarial
    • Fases da definição do projeto
    • Modalidades de trabalho
    • Mercado de trabalho visível e encoberto
    • Pesquisa de informação para procura de emprego
    • Medidas ativas de emprego e formação
    • Mobilidade geográfica (mercado de trabalho nacional, comunitário e extracomunitário)
    • Rede de contactos
    • Curriculum vitae
    • Anúncios de emprego
    • Candidatura espontânea
    • Entrevista de emprego

    UFCD 10746 - Segurança e Saúde no Trabalho – situações epidémicas/pandémicas

    • Papel do responsável pelo apoio aos Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho na gestão de riscos profissionais em cenários de exceção
      • Deveres e direitos dos empregadores e trabalhadores na prevenção da epidemia/pandemia
      • Funções e competências – planeamento, organização, execução, avaliação
      • Cooperação interna e externa – diferentes atores e equipas
      • Medidas de intervenção e prevenção para trabalhadores e clientes e/ou fornecedores – Plano de Contingência da empresa/organização (procedimentos de prevenção, controlo e vigilância em articulação com os Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho da empresa, trabalhadores e respetivas estruturas representativas, quando aplicável)
      • Comunicação e Informação (diversos canais) – participação dos trabalhadores e seus representantes
      • Auditorias periódicas às atividades económicas, incluindo a componente comportamental (manutenção do comportamento seguro dos trabalhadores)
      • Recolha de dados, reporte e melhoria contínua
    • Plano de Contingência
      • Legislação e diretrizes internacionais, nacionais e regionais
      • Articulação com diferentes estruturas – do sistema de saúde, do trabalho e da economia e Autoridades Competentes
      • Comunicação interna, diálogo social e participação na tomada de decisões
      • Responsabilidade e aprovação do Plano
      • Disponibilização, divulgação e atualização do Plano (diversos canais)
      • Política, planeamento e organização
      • Procedimentos a adotar para casos suspeitos e confirmados de doença infeciosa (isolamento, contacto com assistência médica, limpeza e desinfeção, descontaminação e armazenamento de resíduos, vigilância de saúde de pessoas que estiveram em estreito contacto com trabalhadores/as infetados/as)
      • Avaliação de riscos
      • Controlo de riscos – medidas de prevenção e proteção
        • Higiene, ventilação e limpeza do local de trabalho
        • Higiene das mãos e etiqueta respiratória no local de trabalho ou outra, em função da tipologia da doença e via(s) de transmissão
        • Viagens de caráter profissional, utilização de veículos da empresa, deslocações de/e para o trabalho
        • Realização de reuniões de trabalho, visitas e outros eventos
        • Deteção de temperatura corporal e auto monitorização dos sintomas
        • Equipamento de Proteção Individual (EPI) e Coletivo (EPC) – utilização, conservação, higienização e descarte
        • Distanciamento físico entre pessoas, reorganização dos locais e horários de trabalho
        • Formação e informação
        • Trabalho presencial e teletrabalho
      • Proteção dos trabalhadores mais vulneráveis e grupos de risco – adequação da vigilância
    • Revisão do Plano de Contingência, adaptação das medidas e verificação das ações de melhoria
    • Manual de Reabertura das atividades económicas
      • Diretrizes organizacionais – modelo informativo, fases de intervenção, formação e comunicação
      • Indicações operacionais – precauções básicas de prevenção e controlo de infeção, condições de proteção antes do regresso ao trabalho presencial e requisitos de segurança e saúde no local de trabalho
      • Gestão de riscos profissionais – fatores de risco psicossocial, riscos biomecânicos, riscos profissionais associados à utilização prolongada de EPI, riscos biológicos, químicos, físicos e ergonómicos
      • Condições de proteção e segurança para os consumidores/clientes
      • Qualidade e segurança na prestação do serviço e/ou entrega do produto – operação segura, disponibilização de EPI, material de limpeza de uso único, entre outros, descontaminação
      • Qualidade e segurança no manuseamento, dispensa e pagamento de produtos e serviços
      • Sensibilização e promoção da saúde – capacitação e combate à desinformação, saúde pública e SST
      • Transformação digital – novas formas de trabalho e de consumo

    UFCD 10759 - Teletrabalho

    • Teletrabalho
      • Conceito e caracterização em contexto tradicional e em cenários de exceção
      • Enquadramento legal, regime, modalidades e negociação
      • Deveres e direitos dos/as empregadores/as e teletrabalhadores
      • Vantagens e desafios para os/as teletrabalhadores e para a sociedade
    • Competências do/a teletrabalhador/a
      • Competências comportamentais e atitudinais – capacidade de adaptação à mudança e ao novo ambiente de trabalho, automotivação, autodisciplina, capacidade de inter-relacionamento e socialização a distância, valorização do compromisso e adesão ao regime de teletrabalho
      • Competências técnicas – utilização de tecnologias e ferramentas digitais, gestão do tempo, gestão por objetivos, ferramentas colaborativas, capacitação e literacia digital
    • Pessoas, produtividade e bem-estar em contexto de teletrabalho
      • Gestão da confiança
        • Promoção dos valores organizacionais e valorização de uma missão coletiva
        • Acompanhamento permanente e reforço de canais de comunicação (abertos e transparentes)
        • Partilha de planos organizacionais de ajustamento e distribuição do trabalho e disseminação de boas práticas
        • Identificação de sinais de alerta e gestão dos riscos psicossociais
      • Gestão da distância
        • Sensibilização, capacitação e promoção da segurança e saúde no trabalho
        • Reorganização dos locais e horários de trabalho
        • Equipamentos, ferramentas, programas e aplicações informáticas e ambientes virtuais (trabalho colaborativo)
        • Motivação e feedback
        • Cumprimento dos tempos de trabalho (disponibilidade contratualizada)
        • Reconhecimento das exigências e dificuldades associadas ao trabalho remoto
        • Gestão da eventual sobreposição do trabalho à vida pessoal
        • Controlo e proteção de dados pessoais
        • Confidencialidade e segurança da informação e da comunicação
        • Assistência técnica remota
      • Gestão da informação, reuniões e eventos (à distância e/ou presenciais)
      • Formação e desenvolvimento de novas competências
      • Transformação digital – novas formas de trabalho
    • Desempenho profissional em regime de teletrabalho
      • Organização do trabalho
      • Ambiente de trabalho – iluminação, temperatura, ruído
      • Espaço de e para o teletrabalho
      • Mobiliário e equipamentos informáticos – condições ergonómicas adaptadas ao novo contexto de trabalho
      • Pausas programadas
      • Riscos profissionais e psicossociais
        • Salubridade laboral, ocupacional, individual, psíquica e social
        • Avaliação e controlo de riscos
        • Acidentes de trabalho
      • Gestão do isolamento

  • Avaliação

    a) A avaliação formativa, que se projecta sobre o processo de formação, permitindo obter informação sobre o desenvolvimento das aprendizagens, com vista à definição e ao ajustamento de processos e estratégias pedagógicas. Os critérios a utilizar deverão ser: A - Assiduidade e Pontualidade (Comparece às horas marcadas e cumpre o horário da formação); B - Participação Ativa (está motivado; interage com o grupo; participa nos grupos de trabalho; coloca questões e exprime opiniões criticas e fundamentadas); C - Impacto de formação (evolução entre o perfil de entrada e o perfil de saída); D - Resultados Alcançados (testes, trabalhos individuias e de grupo; provas em cursos homologados).
    b) A avaliação sumativa, que terá por função servir de base de decisão para a certificação, será suportada em trabalhos práticos (individuais e/ou em grupo), e/ou testes, e/ou observação directa, consuante o mais adequado a cada formando/a. O resultado final deverá ser expresso em ”Com Aproveitamento” (certificação) ou “Sem Aproveitamento”, em função do/a formando/a ter ou não atingido os objectivos da formação.

Manifestar interesse Pedir contacto